sexta-feira, 29 de julho de 2016

TEMER SE IRRITA E MANDA CANCELAR PASSAPORTES DIPLOMÁTICOS DE RELIGIOSOS: 'ACABOU A MAMATA'

Assunto era um dos mais polêmicos do Itamaraty, que decidi tomar atitude dura.

"Acabou a mamata religiosa" - essa frase nunca foi tão dita no Itamaraty - desde que o presidente em exercício, Michel Temer, do PMDB, chegou ao poder. De acordo com informações do jornalista Lauro Jardim, do jornal 'O Globo', o órgão ligado ao governo federal decidiu por fim à uma enorme polêmica, a dos passaportes diplomáticos religiosos. Líderes de diversas igrejas tinham o direito de irem e virem para países que o Brasil tem acordo sem passarem por consulados ou pagarem taxas importantes, como se fossem pessoas melhores ou mais especiais que as demais. A decisão é vista como acertada e deixa o estado brasileiro ainda mais laico, diminuindo o poder que a ‪#‎Religião‬ tem na política brasileira.

Uma reportagem publicada nesta quinta-feira, 28, pelo jornal 'O Globo' dá conta que a decisão foi feita após uma consulta à Advocacia Geral da União. O Itamaraty quis saber se o benefício era legal. A Advocacia da república brasileira deixou claro que religião não representa, salvo em algumas grandes exceções, interesse nacional. Era esse o argumento até então utilizado para conceder os passaportes, que eram dados em especial para muitos pastores conhecidos, mas que também beneficiavam líderes da Igreja Católica.

"A condição de 'líder religioso', por si só, não indica 'interesse do país'", diz um trecho da polêmica decisão. Agora poderemos ver nomes como R.R. Soares, Edir Macedo e outros entrando em filas de Consulado, passando por entrevistas e tendo que comprovar o motivo de suas viagens. A reportagem diz ainda que os passaportes foram concedidos a partir do ano de 2011 para religiosos, durante a gestão da presidente afastada ‪#‎Dilma‬ Rousseff, do Partido dos Trabalhadores. A medida tem fator histórico, já que desde o tempo do Império esse tipo de benefício era dado, mas até então só para líderes da igreja católica. Recentemente, evangélicos conseguiram a mesma "boquinha". Existia uma norma interna que permitia que apenas dois passaportes fossem dados para cada denominação religiosa. Há quinze dias, o passaporte de R.R. Soares e sua esposa foi suspendo pela Justiça. ‪  #Michel Temer.

Barrocas-Ba: Projeto Escolar ajuda meio ambiente e deixa a escola mais bonita e harmoniosa

Fotos: Milena Araujo

A Escola Roque Avelino de Queiroz Filho, localizada no Povoado de São Miguel do Ouricuri, zona rural de Barrocas, colocou em prática um projeto inovador, tendo como principal objetivo contribuir para o meio ambiente.

O projeto nasceu de uma ideia da coordenadora Valdirene Mota, que apresentou aos professores para serem trabalhados na semana do Meio Ambiente, sendo acatado por todos de forma unânime.
Segundo a Coordenadora, o objetivo é contribuir com o Meio Ambiente, e também deixar o ambiente escolar ainda mais harmonioso: "Os trabalhos se iniciaram antes do recesso junino, e logo após o recesso, continuamos sem parar. A mão de obra foi feita pelos próprios alunos, professores e o grupo de jovem local, que usaram a criatividade e inovaram", comentou animada.


Andressa Barbosa
Os pneus foram pintados com cores vibrantes. Alguns viraram canteiros para plantas e hortaliças e chamaram a atenção de todos na escola, ganhando também a aprovação da comunidade local. O projeto só foi possível porque, meses antes da sua implantação, a escola foi contemplada com uma cisterna de 52 mil litros através do MOC (Movimento de Organização Comunitária) em parceria com a ASA (Articulação Semiárido Brasileiro). É deste reservatório que sai a água necessária para regar a horta. Após o crescimento e comercialização das hortaliças, com a própria renda da horta, a coordenação conseguiu mais tintas, que serviram para colorir e desenhar no muro na parte interior da unidade.

“Além de ser algo novo, foi bom ter um projeto onde todos nós participamos, foi diferente e podemos interagir e se divertir”, destacou Andressa Barbosa, 12 anos, aluna do 8º ano.
“O interessante é que todos participaram e continuam a preservar e cuidar. Cada dia, uma turma vai e molha a horta. Como o projeto está dando certo, queremos em breve ampliar, para que possamos oferecer hortaliças mais saudáveis às nossas crianças”, afirmou Valdirene Mota, que também deixou seus agradecimentos para toda equipe da Escola Roque Avelino de Queiroz Filho. “O resultado é fruto do esforço de todos, estamos de parabéns”. 

@ Nossa Voz - Por Milena Araujo

Publicada por 

Fonte: http://www.jornalanossavoz.com.br/

quinta-feira, 28 de julho de 2016

"Ao contrário do homem, Deus não se ocupa de questões de poder"

2016-07-28 Rádio Vaticana.

Cracóvia (RV) – O Papa Francisco presidiu na manhã desta quinta-feira (28/07) a primeira missa em terras polonesas, no Santuário mariano de Jasna Gora, em Czestochowa. Chegando de papamóvel, saudou uma dezena de pessoas doentes e cadeirantes que o aguardavam na entrada.

Coração cristão da Polônia

Um dos lugares de culto e peregrinação mais importantes do país, o Santuário abriga a imagem da Virgem Negra, venerada por milhões de peregrinos todos os anos.

Segundo a tradição católica, ela foi “pintada por São Lucas e apresenta o verdadeiro rosto de Maria”, embora especialistas assegurem que o ícone é bizantino e datado entre os séculos VI e IX.

A Virgem Negra

Antes de presidir a missa, o Pontífice rezou brevemente na capela diante desta imagem, que apresenta algumas rachaduras provocadas por atos vandálicos no século XV. Obedecendo uma tradição iniciada por Paulo VI, Francisco deixou à Virgem uma rosa de ouro.

Entretanto, cerca de 300 mil pessoas entoavam cantos e orações no parque do Santuário, à espera do Papa. Centenas de bispos e sacerdotes de várias nacionalidades concelebraram a missa, que recordou os 1050 anos do batismo da Polônia, a conversão do país ao cristianismo. O Presidente, Andrzej Duda, e várias autoridades, também estavam presentes.

A Eucaristia foi celebrada em latim e polonês. A homilia do Pontífice foi lida em italiano e se concentrou em três conceitos: pequenez, proximidade e concretude de Deus e de Maria.

Deus é pequeno

“Deus prefere encerrar-se no que é pequeno, ao contrário do homem que tende a querer possuir algo sempre maior. Deixar-se atrair pelo poder, a grandeza e a visibilidade é tragicamente humano; já o Senhor prefere os pequeninos, porque se opõem ao ‘estilo de vida orgulhoso’ que vem do mundo”. “E é por isso que Jesus chama pessoas simples e disponíveis para serem seus porta-vozes”, disse, mencionando João Paulo II e Santa Faustina, “anunciadores mansos e fortes da misericórdia”.

Deus é próximo

Deus é próximo, “não quer ser temido como um soberano poderoso e distante, mas gosta de caminhar conosco”. A respeito da missão principal da Igreja, o Pontífice disse que “somos chamados a ouvir e se envolver, partilhando as alegrias e as canseiras das pessoas”.

Deus é concreto

“O Verbo se faz carne – destacou - e o Eterno se comunica transcorrendo o tempo com pessoas e em situações concretas”. Nesta ótica, o Papa recordou a importância da fé na família, de pai para filho e, sobretudo, pelas mães e as avós, a quem muito devemos agradecer”.

Maria é pequena

“Maria é a escada que Deus percorreu para descer até nós; é Ela o sinal mais claro da plenitude do tempo”. Para o Papa, Maria “tem aquela pequenez amada por Deus, que ‘pôs os olhos na humildade da sua serva’ e ‘exaltou os humildes’”.

Maria é próxima

Maria é próxima ao homem “porque nos ajuda a descobrir o que falta à plenitude da vida e nos ensinando a evitar arbítrios e murmurações em nossas comunidades. Como Mãe de família, nos quer guardar juntos”. Partindo deste exemplo, o Papa exortou os fiéis “a superarem as injustiças e as feridas do passado e criar comunhão com todos, sem nunca ceder à tentação de se isolar e se impor”.

Maria é concreta

Terminando sua reflexão, Francisco frisou que Maria é concreta porque “tem a peito os problemas e intervém, sabe identificar os momentos difíceis e dar-lhes remédio com discrição, eficácia e determinação. Não é patroa nem protagonista, mas Mãe e serva”.

Na conclusão, o Papa convidou todos a espelhar-se na “sensibilidade e imaginação de Maria ao servir quem passa necessidade, a dedicar a vida pelos outros sem preferências nem distinções, agindo na pequenez e acompanhando-nos de perto, com coração simples e aberto”.

Visita e oração no Convento das Irmãs da Apresentação

Antes de se dirigir a Czestochowa, na manhã desta quinta-feira (28/07), o Papa Francisco deixou a sede do arcebispado de Cracóvia e foi ao Convento das Irmãs da Apresentação, na Diocese de Balice, a cerca de 17km. As religiosas se dedicam à instrução e à educação cristã da juventude na Polônia, Itália e Ucrânia.

O encontro com 30 religiosas e um grupo de alunos das escolas dirigidas pelo Instituto teve caráter privado. Rezaram todos juntos alguns minutos e o Pontífice deixou uma mensagem no livro de honra.

“Agradecido pelo vosso precioso serviço, abençoo-vos e encorajo na vossa missão educativa: cultivar com amor as sementes de bondade, beleza e verdade que Deus semeia nas novas gerações”.

(CM)

(from Vatican Radio)

terça-feira, 26 de julho de 2016

Pesquisa mostra o PT perdendo mais de 90% de suas prefeituras em 2016

No Nordeste, onde é mais forte, candidatos do partido só têm alguma chance em 8% das disputas

E nem há como reclamar, poisa se trata de um levantamento encomendado pelo próprio partido para consumo interno. Contudo, a Coluna do Estadão teve acesso ao resultado e, caso se confirme, o fim do PT estará mais próximo que imaginam seus opositores – e temem seus seguidores.

Em 2012, o Partido dos Trabalhadores conquistou 619 municípios. A atual crise política já fez esse número cair para algo próximo de 500. E o pleito marcado para outubro deve fazer estragos ainda maiores. De acordo com a pesquisa, os representantes petistas só têm chances de reeleição em 7% do Sul e Sudeste, e 8% do Nordeste.

O Antagonista vê nesta informação o motivo para o PT estar tão desesperado por novas eleições presidenciais, ainda que chances de vitórias soem remotas. Com mais exposição na TV, poderiam conseguir reverter alguns votos.

Faz sentido.

JMJ Cracóvia: Alguns dados imperdíveis sobre a Igreja na Polônia

VATICANO, 25 Jul. 16  (ACI).- No próximo dia 27 de julho começará a Jornada Mundial da Juventude (JMJ) que neste ano terá como sede Cracóvia, Polônia. A seguir, apresentamos alguns dados para conhecer a realidade da Igreja neste país.

- O país conta com 38 milhões de pessoas, das quais aproximadamente 37 milhões se declaram católicas.

- A Polônia tem 10.379 paróquias e outros 786 centros pastorais.

- Conta com 156 bispos e 30.661 sacerdotes diocesanos e religiosos. Também tem 38 diáconos permanentes, 1.115 religiosos que não são sacerdotes e 20.159 religiosas professas. Por outro lado, também possui 14.154 catequistas.

- Em relação às vocações, a Polônia tem 125 seminaristas menores e 3.388 seminaristas maiores.

- Como em outros países, a Igreja conta com algumas escolas no país: 887 pré-escolas e ensino fundamental (com 94.352 estudantes), 485 de ensino médio (com 72.999 estudantes) e 53 escolas superiores e universidades com 46.589 estudantes.

- Além disso, há 54 hospitais, 283 ambulatórios, 214 lares para idosos, 383 orfanatos 2.154 consultores familiares e 39 centros de educação social que pertencem à Igreja.

Prisão de Lula pelo juiz Sérgio Moro passa de possível a provável


Pedro do Coutto - Tribuna da Internet - 25/07/2016
Lendo os jornais de sábado, especialmente a reportagem de Fausto Macedo, Júlia Afonso e Mateus Coutinho, O Estado de São Paulo, a impressão que está colocada no título emerge dos textos. Ao rebater as alegações dos advogados do ex-presidente Lula que levantaram sua predisposição de condená-lo, mesmo antes de concluir o julgamento, o juiz Sérgio Moro contestou as alegações e disse que os diálogos que Lula manteve com o deputado Rui Falcão e com a presidente afastada Dilma Rousseff já constituíam motivo suficiente para sua prisão, já que ele nitidamente estava agindo para obstruir as ações da Justiça.

“Entretanto”, afirmou Moro, “na ocasião optei pelo seu depoimento coercitivo e não por um despacho que poderia colocar em risco as diligencias em curso”. O processo contra Lula retornou as mãos de Sérgio Moro em função de um ato do ministro Teori Zavascki que excluiu o ex-presidente da República da condição de ser julgado por foro privilegiado. O ministro decidiu por fazer o processo retornar à Justiça comum, atribuindo-o a Vara Federal de Curitiba.

Por isso o Supremo transferiu as atribuições que poderiam lhe caber no caso para a primeira instância. E assim Lula ficou novamente sob a jurisdição de Moro.

DIÁLOGOS REVELADORES – Sérgio Moro, no documento que divulgou na sexta-feira (objeto também de matéria de Renato Onofre no Globo), sustenta que os diálogos interceptados poderiam justificar a prisão temporária de Lula. Inclusive a questão de sua aparente intenção de ocultar patrimônio no que se refere ao apartamento de Guarujá e ao sítio de Atibaia. Sérgio Moro destaca como exemplo de sua isenção ter indeferido pedidos do Ministério Público Federal, como a condução coercitiva da esposa do ex-presidente.

Mas os advogados Cristiano Zanin Martins e Roberto Teixeira sustentam que o juiz, pelas medidas que tomou, afastou-se do critério da imparcialidade. Na minha opinião, esse argumento deveria ser levantado junto ao ministro Teori Zavascki, uma vez que foi ele quem transferiu a tarefa final do julgamento em primeira instância a Sérgio Moro.

PERDA DE TEMPO – Arguir a suspeição de Moro no Tribunal Regional Federal nada representa de concreto, pois seria impossível que o juiz considerasse seu próprio comportamento de parcial. Dessa forma os advogados perderam tempo e deram motivo para resposta do juiz que ao admitir que os áudios gravados eram motivo para prisão de Lula, revelou sem dúvida a disposição de considerá-lo culpado. Caso contrário se os motivos de ontem constituíam base para a prisão, eles obviamente continuam valendo hoje. O que acentua que a prisão de Lula passou de um ato possível a uma decisão provável. Talvez em agosto antes mesmo da votação final do impeachment de Dilma Rousseff.

Aliás , a provável prisão de Lula funcionará para consolidar o afastamento definitivo da presidente reeleita em 2014, cuja situação foi extremamente agravada com as revelações do marqueteiro João Santana. Ela disse não saber da procedência ilícita dos recursos pagos ao publicitário. Mas João Santana tinha pleno conhecimento de sua origem.

segunda-feira, 25 de julho de 2016

TODAS AS TRAMOIAS DESSE CORRUPTO FORAM EM VÃO. DINHEIRO NÃO COMPRA TUDO

Juiz Sérgio Moro é contundente:
'áudios podem tornar Lula preso' 
24 de jul de 2016
Juiz rebateu a defesa que o havia chamado de 'acusador' no processo envolvendo o ex-presidente da República.

O juiz Sérgio Moro, titular da décima terceira Vara Criminal da Justiça Federal de Curitiba, no Paraná e responsável pela Operação Lava-Jato, considerada a maior operação de combate à corrupção no País, rebateu prontamente a defesa do ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva. Moro foi enfático ao responder a todos os pontos de questionamentos da defesa do ex-presidente em relação ao andamento das investigações. De acordo com os advogados, o juiz Sérgio Moro deveria se considerar "suspeito" de julgar os processos que envolvem Lula, já que segundo a defesa, Moro teria atuado com "parcialidade", devido à condução coercitiva de Lula, além das gravações autorizadas pela Justiça que envolvem o ex-presidente nos escândalos de corrupção da Petrobras. Lula é acusado de ter cometido crime de obstrução da Justiça, por tentativa de atrapalhar as investigações da Operação Lava-Jato. Por decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal e relator dos processos que envolvem a Lava-Jato, Teori Zavascki, o julgamento da participação do ex-presidente Lula nos desvios bilionários da Petrobras, fica sob a alçada do juiz Sérgio Moro.

Decretação de prisão

Os aliados de Lula temem que o juiz Moro possa decretar a prisão do ex-mandatário do País. O juiz já rebateu contundentemente as alegações da defesa e delineou os equívocos dos defensores: " no que se refere em relação à condução coercitiva do ex-presidente Lula, o requerimento foi solicitado pelo Ministério Público Federal e a autorização foi aceita, além de amplamente fundamentada na data de 29 de fevereiro de 2016, cuja decisão foi acatada ", afirmou Moro.

Sérgio Moro se referiu também à possibilidade de prisão temporária contra o ex-presidente Lula, com base nos áudios captados através de grampos da Polícia Federal : "rigorosamente, há a indicação de tentativa de obstruir as investigações, o que em razão, de busca e apreensão, poderia justificar a implementação de prisão temporária dele (Lula), porém, optou-se por medida menos gravosa, em se tratando da condução coercitiva", concluiu o magistrado.