terça-feira, 22 de julho de 2014

Carta do Padre Zezinho em resposta a um evangélico mal informado.

"Maria não pode nada.
Menos ainda as imagens dela que vocês adoram.
Sua Igreja continua idólatra.
Já fui católico e hoje sou feliz porque só creio em Jesus.
Você, com suas canções é o maior propagador da idolatria Mariana.
Converta-se enquanto é tempo, senão você vai para o inferno com suas canções idólatras..."
Paulo Souza, São Paulo - SP.

RESPOSTA ENVIADA PELO PADRE ZEZINHO (foto)

Paulo.

Paz no Cristo que você acha que achou!
Sua carta chega a ser cruel.
Em quatro páginas você consegue mostrar o que um verdadeiro evangélico não deve ser.
Seus irmãos mais instruídos na fé sentiriam vergonha de ler o que você disse em sua carta contra nós católicos e contra Maria. O irônico de tudo isso é que enquanto você vai para lá agredindo a Mãe de Jesus e diminuindo o papel dela no cristianismo, um número enorme de evangélicos fala dela, hoje, com o maior carinho e começa a compreender a devoção dos católicos por ela.
Você pegou o bonde atrasado e na hora errada e deve ter ouvido pastores errados, porque, entre os evangélicos, tanto como entre nós católicos, Maria é vista como a primeira cristã e a figura mais expressiva da evangelização depois de Jesus.
Eles sabem da presença firme e fiel de Maria ao lado do Filho Divino.
Evangélico hoje, meu caro, é alguém que pautou sua vida pelos evangelhos e por isso respeita os outros e não nega Maria.
Pode haver diferenças, mas para ser um bom evangélico não é preciso agredir nem os católicos nem a Mãe de Jesus.
Você é muito mais antimariano do que cristão ou evangélico.
Seu negócio é agredir Maria e os católicos.
Nem os bons evangélicos querem gente como você no meio deles.
Quanto ao que você afirma, que nós adoramos Maria, sinto pena de você. Enquanto católico, segundo você mesmo afirma, já não sabia quase nada de Bíblia por culpa da nossa Igreja, agora que virou evangélico parece que sabe menos ainda de Bíblia, de Jesus, de Deus e do Reino dos Céus.
Está confundindo culto de veneração com culto de adoração, está caluniando quem tem imagens de Maria em casa ao acusá-los de idólatras.
Ora, Paulo, há milhões de católicos que usam das imagens e sinais do catolicismo de maneira serena e inteligente. Se você usava errado teria que aprender.
Ao invés disso foi para outra Igreja aprender a decidir quem vai para o céu e quem vai para o inferno. Tornou-se juiz da fé dos outros.
Deu um salto gigantesco em seis meses, de católico tornou-se evangélico, pregador de sua Igreja e já se coloca como a quarta pessoa da Santíssima Trindade, porque está decidindo quem vai para o céu e quem vai para o inferno.
Mais uns dois anos e talvez, de lá do alto de sua sabedoria eterna, talvez dê um golpe de Estado no céu e se torne a primeira pessoa.
Então talvez, mande Deus vir avisar quem você vai pôr no céu ou no inferno. Sua carta é pretensiosa.
Sugiro que estude mais evangelismo e, em poucos anos, estará escrevendo cartas bem mais fraternas e bem mais serenas do que esta. Desejo de todo coração que você encontre bons pastores evangélicos.
Há muitíssimos homens de Deus nas Igrejas evangélicas que ensinarão a você como ser um bom cristão e como respeitar a religião dos outros. Isso você parece que perdeu quando deixou de ser católico.
Era um direito que você tinha: procurar sua paz.
Mas parece que não a encontrou ainda, a julgar pela agressividade de suas palavras.
Quanto a Maria, nenhum problema: é excelente caminho para Jesus.
Até porque, quem está perto de Maria, nunca está longe de Jesus.
Ela nunca se afastou.
Tire isso por você mesmo.
Se você se deu ao trabalho de me escrever uma carta para me levar a Jesus, e se acha capaz disso, imagine então o poder da Mãe de Deus!
De Jesus ela entende mais do que você.
Ou, inebriado com a nova fé, você se acha mais capaz do que ela?
Se você pode sair por aí escrevendo cartas para aproximar as pessoas de Jesus, Maria pode milhões de vezes mais com sua prece de mãe.
Ela já está no céu e você ainda está por aqui apontando o dedo contra os outros e decidindo quem vai ou quem não vai para lá. Grato por sua carta.
Mostrou-me porque devo lutar pela compreensão entre as Igrejas.
É por causa de gente como você.

Pe. Zezinho, scj

PT ataca Aécio com reportagem sobre aeroporto em MG, mas esquece dos aeroportos cubanos

Face lenhosa – Dez entre dez petistas sabem da importância de uma vitória da “companheira” Dilma Rousseff na corrida presidencial. Isso porque uma derrota poderá significar a implosão de um partido que nos últimos onze anos e meio se dedicou diuturnamente ao banditismo político, como provam as muitas ações que tramitam na Justiça, as investigações do Ministério Público e as operações policiais em andamento. Afinal, os escândalos de corrupção que levam a chancela estelar do PT são merecedores de uma frase lapidar vociferada por um conhecido comunista de boteco e gazeteiro profissional: “Nunca antes na história deste país”.

Para impedir o avanço dos adversários de Dilma nas pesquisas eleitorais – e consequentemente na disputa pelo Palácio do Planalto – o PT acionou a parte amestrada da imprensa, que não demorou a deflagrar uma operação covarde e desqualificada contra o senador Aécio Neves (MG), candidato do PSDB à Presidência da República.

A notícia sobre a construção de um aeroporto na cidade de Cláudio, no interior de Minas Gerais, pelo governo local foi a primeira investida do PT contra o presidenciável tucano. O movimento rasteiro se explica pelo fato de que Aécio continua ameaçando a reeleição de Dilma e também porque Minas Gerais é o segundo maior colégio eleitoral do País. E comprometer o tucano em sua terra natal seria, na opinião dos petistas, uma decisão acertada.

Acontece que os alarifes do PT e seus genuflexos jornalistas não se preocuparam em checar os preâmbulos da construção do tal aeroporto. A matéria afirma que o aeródromo foi construído em uma fazenda pertencente a familiar de Aécio Neves, mas documentos do governo mineiro provam que a área é do Estado. Ademais, no local onde funciona o aeroporto já existia uma pista em péssimas condições, sendo que a obra, que consumiu quase R$ 14 milhões, serviu para reformar e melhorar o que já existia.

É sabido que em momentos de dificuldades o PT não mede esforços para atacar os adversários, como aconteceu em 2006, quando os “aloprados” de Lula surgiram em cena com o malfadado “Dossiê Cuiabá”, conjunto de documentos apócrifos que incriminavam os tucanos Geraldo Alckmin e José Serra. Um dos beneficiados pela operação criminosa foi o petista Aloizio Mercadante, que à época disputava o governo paulista e atualmente chefia a Casa Civil, que já viveu dias melhores.

Dinheiro brasileiro em aeroportos de Cuba

Qualquer denúncia de desvio ou uso indevido de dinheiro público deve ser investigada a fundo, mas no caso do aeroporto de Cláudio o PT abusou da irresponsabilidade ao encomendar matéria sem alertar aos jornalistas a necessidade de ampla checagem dos documentos. Mesmo assim, as autoridades devem repassar o assunto para que não mais existam dúvidas, punindo os responsáveis por eventuais transgressões... Leia na íntegra AQUI

  
Leia também:

PT promete reabrir o caso das “TVs laranjas” superfaturadas, escândalo que envolve irmão de Requião »

gleisi_requiao_03 Munição pesada – A primeira pesquisa eleitoral sobre a eleição no Paraná (VoxData – contratada pela rádio CBN de…

PT ataca Aécio com reportagem sobre aeroporto em MG, mas esquece dos aeroportos cubanos »

lula_fidel_01 Face lenhosa – Dez entre dez petistas sabem da importância de uma vitória da “companheira” Dilma Rousseff na corrida…

Lula acusa Alckmin pela crise da água em SP, mas ignora a inacabada transposição do São Francisco »

lula_361 Óleo de peroba – Preocupado com a possibilidade cada vez maior de o PT ser derrotado na eleição presidencial…

Operação Lava-Jato pode alcançar ministérios e colocar abaixo a farsa que reina no Palácio do Planalto »

alberto_youssef_01 Reticência indesejada – Dilma Rousseff vive um momento crítico em sua campanha pela reeleição, situação que deve piorar nas…

Economia brasileira avança na direção do precipício e pode detonar o projeto de reeleição de Dilma »

crise_economica_15 Fantasma à solta – A maior ameaça à candidatura de Dilma Rousseff, que concorrer à reeleição, é ela própria.…

Ex-patrão de Gleisi pode engrossar investigações da Operação Lava-Jato, afirmam “requianistas” »

nedson_micheleti_01 Calouro na área – A Operação Lava-Jato – que investiga as estripulias do doleiro Alberto Youssef e sua turba…

Dilma faz discurso insano para defender Putin no caso da derrubada de avião comercial na Ucrânia »

dilma_rousseff_381 Sem noção – Todos sabem que Dilma Rousseff, assim como a extensa maioria dos esquerdistas brasileiros, cultua ditadores mundo…

PT acusa Requião de incentivar o MST a invadir áreas de empresa de reflorestamento no Paraná »

roberto_requiao_25 Maria Louca – Na última quarta-feira (16), faltando poucos minutos para a meia-noite, mil famílias (aproximadamente cinco mil pessoas)…

Criação de fundo reforça a necessidade de derrubar decreto dos conselhos, alerta deputado »

dilma_rousseff_425 Golpe em marcha – O governo petista de Dilma Rousseff já deixou claro que a criação de conselhos populares…

Geração de empregos em junho é a pior desde 1998 e derruba o ufanismo que brotou da Copa »

desemprego_05 Pela culatra – O efeito “boa noite Cinderela” da Copa do Mundo terminou muito antes do que imaginava o…

Lobistas alegam que Dilma é prejudicada por intervenções de Lula – que pode ser alvo de megadenúncias

Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net
A véspera de derrota costuma alimentar a rede de intrigas entre os petistas. Ontem, 13 entre 10 grandes lobistas de Brasília espalhavam a informação de que estaria prestes a estourar um grande escândalo sobre o ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva. As denúncias – ligadas a negócios com africanos – atrapalhariam ainda mais a Presidenta Dilma Rousseff – cuja imagem é prejudicada pela proximidade com Lula, na visão, inclusive, de alguns marketeiros que trabalham a peso de ouro para o PT.

O novo boato nos bastidores dos podres poderes federais tende a ser mais um rebate falso. Até agora, nem o Mensalão, nem a Operação Porto Seguro e nem a Operação Lava Jato conseguiram macular, diretamente, a imagem milagrosamente blindada de Lula. No entanto, as denúncias de corrupção envolvendo o PT afetam o desempenho eleitoral do partido. A principal prejudicada é Dilma. Marketeiros já observam que, quanto mais Lula sai em defesa dela, mais a candidata se torna dependente, fragilizada e linkada com os vícios atribuídos ao partido onde Dilma nunca se sentiu confortável.

Uma prova de que os petistas não se entendem bem com Dilma é a guerra interna entre o marketeiro João Santana (queridinho da Presidenta) e o jornalista Franklin Martins (que ameaçou abandonar o PTitanic, mas foi demovido da ideia suicida pelo chefão Lula). O discurso político ofensivo, pregado por Lula, não serve para recomendar soluções no combate à estagflação (inflação com crescimento baixo), ao aumento do custo de vida e ao desemprego – espectros reais que ameaçam a reeleição de Dilma.

O regime petista esgotou-se. O discurso do partido, há quase 12 anos no poder, não consegue indicar soluções imediatas e confiáveis para os três maiores gargalos da economia brasileira: os impostos elevados, os juros altíssimos e a retrógrada legislação trabalhista. Seja quem for o próximo Presidente da República (dificilmente será Dilma), terá de promover, de imediato, uma reforma tributária, a revisão do sistema de spread bancário (que inviabiliza o crédito e penaliza o cidadão) e o excessivo regramento sobre o emprego e a renda de quem produz.

O consenso geral é que o Brasil está desatualizado. Opera com conceitos errados, presos ao passado e que inviabilizam um futuro de crescimento e desenvolvimento produtivo. O PT representa a vanguarda deste atraso. Por isso, o partido-seita sairá fortemente derrotado da eleição de 2014. A cúpula petista, que se locupletou nos anos de poder, fica numa boa, até a hora do juízo final – cujo risco de acontecer é diretamente proporcional à chance de derrota reeleitoral.

Os mistérios que rondam o país.

MAIOR GRUPO MAFIOSO DA HUMANIDADE
Miguel Diniz
Fatos estranhos estão acontecendo diante de nossos olhos e ainda não podemos ver claramente do que se trata. Há apenas conjecturas e nada de concreto, além é claro, do decreto golpista 8.243. FHC esteve dias atrás no Comando Militar do Sudeste com o General do Exército João Camilo Pires de Campos. Na saída da reunião FHC parecia nervoso e não quis falar o teor da longa conversa de duas horas com o General. Logo depois FHC disse que "não podia fazer mais nada e que as fichas estavam dadas". Ao mesmo tempo Sarney disse que afastaria suas mãos sujas dos cofres públicos da nação e não iria mais concorrer a nenhum cargo público. Em seguida Roseana Sarney fez o mesmo. Joaquim Barbosa deixou o Superior Tribunal Federal depois de ameaças veladas feitas pelo PT e pela sua escória de bandidos, à sua vida.

O General linha dura disse que o Alto Comando do Exército estava de olho nos golpes do PT e fez ameaças ao governo corrupto e comunista de Dilma Rousseff. O que estaria acontecendo por trás das cortinas do poder? Porque FHC estaria tão nervoso depois da reunião? O que o general disse à ele? Estaria em curso uma "Intervenção Militar"? Lula está irado,e odiento, anda espalhando mais ódio entre militantes e entre pessoas do povo. Lula faz ameaças veladas à sociedade e principalmente a tal "elite branca", elite inventada pela sua cabeça doente e psicopata. Dilma a outra psicopata e neurótica, passa à se fazer de coitada e de pobre perseguida e diz que todos estão contra 'ela' e contra o PT. Nisso a "ignoranta" tem razão! O Brasil em peso quer vê-la pelas costas. 

Enquanto milhares de imbecis compõem a festa vermelha do PT, lotando estádios e fazendo carnaval nas ruas, as esquerdas se unem e vão sentenciando o golpe comunista socialista no país. Dilma já abriu espaço no governo para que, "grupos" formados por integrantes dos principais movimentos sociais, possam agir. A Política Nacional de Participação Social vai ganhando força e ocupando cadeiras no legislativo, o poder paralelo existente no anexo à sala da presidenta. O Congresso parece uma grande maionese e vai escorregando pelas beiradas à cada mordida na democracia. Mais preocupados com seus destinos políticos, os políticos canalhas vão fazendo acordos e se unindo com as outras quadrilhas políticas em troca de tempo na TV e de apoio nas futuras maracutaias contra a nação.

Outro fato bastante estranho foi dado pelo PT nos últimos dias. Dilma havia assinado o decreto 8.243, que dava poder para o proletariado governar paralelamente com o Executivo. Dilma e o PT nem precisariam do congresso para aprova-lo. Bastava o STF aprovar, e o decreto seria transformado em Lei. Logo depois Dilma promove um Twuitaço aclamando seu povo dos movimento sociais à ocuparem o governo, levando todos à crer, que o congresso seria invadido e um novo AI-5, seria dado. A ideia do plebiscito havia sido afastada pelos dirigentes do PT e sobretudo por Lula e o golpe parecia eminente e sem volta. Mas estranhamente, dias depois Dilma começa à espalhar que o plebiscito seria realizado com a participação da sociedade. O que teria feito o PT à recuar do golpe, já que tinha tudo planejado? Porque a ideia do plebiscito ressurgiu novamente?

O clima é tenso, o decreto 8.243 parece esquecido pelos gananciosos representantes do povo e pelos partidecos de esquerda que unidos tentam abafar o decreto para que o mesmo caia no esquecimento. O STF está totalmente corrompido e os movimentos sociais seguem se organizando, financiados pelo governo federal. O MST e os "Sem Tetos" estão armados até os dentes, e pior! agora ambos estão reforçados com os agentes cubanos, africanos e haitianos. O Brasil está numa rota sangrenta e ruma para um grande confronto civil e talvez seja este, o teor da conversa de FHC com o General do Comando Militar do Sudeste. Uma coisa é certa, há muita conspiração por trás dos bastidores do poder. De um lado a esquerda golpista e suas organizações criminosas, PT, PMDB, PSB, PCdoB, PPS, PSOL, PSTU, PDT, PP, PR e etc. do outro os militares, que fazem ameaças e parecem observar e vigiar os próximos passos do governo. No meio está o povo, uma grande parte distraída pelo futebol e pelo carnaval, outra parte generalizada, vai levando a vida sem se darem conta do que acontece no Brasil e uma outra menor parte, segue preocupada com os últimos acontecimentos no país. O mistério ronda o ar e como disse FHC, a sorte está lançada e as fichas já foram dadas! Decifra-me ou Devoro-te.

Vinte mil homens vindos do Haiti em idade militar estão aqui no Brasil!

Do nada, simplesmente aparecem mais de 20 mil haitianos no Brasil. E notem que 99% deles, são homens em idade de serviço militar entre 17 aos 45 anos.

São 20.000 haitianos, sem qualificação formal que estão invadindo o Brasil pelas mãos do PT. Entraram pelo Acre, estado governado pelo PT, foram para a cidade de São Paulo, cidade administrada pelo PT. O Prefeito de São Paulo, já tinha o local para receber os haitianos, enquanto em São Paulo, existem milhares de moradores de rua sem um teto.

E como se deslocaram do Haiti até o Peru, que faz divisa com o Acre? Alguma estrutura forte foi direcionada para isso.

Qual será o objetivo?

Lembremos que os grupos guerrilheiros que o Brasil teve, partiram de São Paulo: Lamarca, Coluna Prestes. Existe uma tradição histórica emblemática.

Segundo o que se sabe, esse grupo é formado por milicianos que atuavam no Haiti. Será? O tempo dirá!

"OU O BRASIL ACABA COM O PT, OU O PT ACABA COM O BRASIL".

Simples e objetivo assim!

NO DIA 20/06/2014 UM INTERNAUTA DE NOME ALCEU ME ENVIOU O SEGUINTE COMENTÁRIO:

Resido em Pomerode-SC uma tranquila cidade no vale do Itajai, colonizada por alemães. Completa aproximadamente dois meses que um empresário local da área têxtil está buscando haitianos e os empregando na sua empresa. O numero é expressivo, deve estar beirando uns 70 homens, alguns munícipes inclusive eu, não concordaram com esta atitude, ele esta contratando estrangeiros e o povo da cidade fica desempregado, nao vejo nenhuma atitude altruista!

(os haitianos estão hospedados em um galpão próximo a delegacia da policia civil)

Este pais verdadeiramente está um caos!

segunda-feira, 21 de julho de 2014

‘Raposa Felpuda’, editorial do Estadão.

Publicado no Estadão deste domingo
Como velho político, Lula parece ter entendido o recado de que a população quer outra política. Mudou, então, a sua prática política? Não. Simplesmente mudou o discurso, mantendo a sua velha estratégia. Falar mal da política, mas continuar atuando como uma felpuda raposa política.

Em recente vídeo para jovens, divulgado pelo seu instituto – que é um dos polos coordenadores da campanha da reeleição de Dilma —, o ex-presidente propôs uma reforma política feita por iniciativa popular que acabe com “partidos laranja” e “partidos de aluguel”. Ele deseja “um projeto de lei que possa mudar substancialmente a política brasileira, ter partidos mais sérios, acabar com os partidos laranjas, os partidos de aluguel, acabar com partidos que utilizam seu tempo para fazer negócio. Nem parece ser ele quem manda no Partido dos Trabalhadores (PT), partido que, nos últimos meses, promoveu uma das mais profícuas trocas entre cargos de confiança no governo federal por tempo de propaganda política na TV. A população está cansada é dessa hipocrisia: o maior promotor – e maior beneficiário – do sistema político atual pregando virtuosamente a sua reforma. 

Famílias de presos vão receber até R$ 4.159

A partir de fevereiro, famílias de presos poderão receber até R$ 4.159 ao mês do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) pelo auxílio-reclusão. O valor do benefício varia de acordo com a contribuição do segurado à Previdência Social e parte de um salário mínimo (R$ 678). Entenda as regras de concessão no quadro abaixo.

O teto do auxílio é o mesmo da aposentadoria e segue a correção prevista em lei. No ano passado, o valor máximo era de R$ 3.912, mas acaba de ser corrigido em 6,2% pelo INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) para quem ganha acima de um mínimo em 2013.

Do total de 549.577 presos em todo o País, apenas 38.362 recebem o auxílio-reclusão. Eles custam R$ 37,6 milhões ao mês aos cofres da Previdência Social, informa o próprio órgão. O valor médio pago às famílias dos detentos é de R$ 981,79 mensais.

O R7 apurou que a pensão dos presos é maior do que a recebida por trabalhadores assalariados que precisam se afastar do emprego por doença ou acidente. A explicação está no cálculo feito sobre a contribuição do segurado.

Enquanto o percentual considerado sobre o salário de benefício em casos de doença ou acidente fica em 91% e 50%, respectivamente, no caso dos detentos, o valor é integral, ou seja, 100%, detalha o professor de direito previdenciário da PUC-SP, Wagner Balera.

Se ele for preso por dez anos em regime fechado, ele vai receber por dez anos. O benefício cessa no segundo mês após a liberdade do segurado. São as regras.

Porém, não são todos os presos que têm direito à ajuda do governo. Há uma série de exigências para que a família possa receber esse valor mensal.

A principal delas é o detento estar na condição de segurado, ou seja, ter contribuído para o INSS com salário de contribuição igual ou menor a R$ 915,05 até um mês antes da prisão.

Apesar de não exigir carência, para receber o valor máximo (R$ 4.157,05) é preciso que o segurado tenha contribuído por muitos anos com valores superiores aos R$ 915,05, já que o auxílio corresponde à média aritmética dos 80% maiores salários de contribuição, alerta o especialista em direito previdenciário do Innocenti Advogados Associados, Victor Grossi Nakamoto. E avisa:

Como não há carência, se ele contribuiu com apenas um mês e for preso, tem direito ao auxílio-reclusão. Se contribuiu com menos que o salário base do teto, claro, vai receber menos.

Os dependentes começam a receber o benefício em até 30 dias. Em caso de fuga, o auxílio-reclusão é suspenso.